Tenha Cuidado

Como ocorre o furto de bagagem na Gare du Nord, em Paris?

Olá, Viajante!

Eu não preciso dizer que Paris é um dos destinos mais cobiçados entre aqueles que começam a viajar. E eles têm razão. Tudo lá é grandioso: o Museu do Louvre, a Champs Elysée, a Torre Eiffel… Parece que estamos dentro de um livro de história.

Porém, Paris também possui os seus inconvenientes, ligados, em geral, aos furtos que vitimam alguns turistas desavisados.

O que hoje vou relatar aconteceu com um amigo que viajou em 2017 a Paris e que, sob a condição de sigilo do seu nome, autorizou-me a contar o ocorrido aqui para vocês.

Não estou dizendo que o que eu vou relatar sempre acontece ou, muito menos, fazer ilações sobre os possíveis criminosos. Encarem tão-somente como um relato. E usem como quiser.

Pois bem.

João e Maria [nomes fictícios] resolveram ir à pé até a Gare du Nord, pois o seu hotel ficava bem próximo dessa movimentada estação parisiense.

[Breve disclamer: quem já foi à Gare du Nord sabe do que estou falando. Dali saem metrôs que chegam em quase todas as estações de Paris, bem como trens internacionais, como o que vai à Bruxelas e Amsterdã, e também o que percorre o Eurotúnel, com destino à Londres].

No caminho a pé até a Gare du Nord, após o casal subir uma longa escadaria, cada um carregando as suas malas e uma mochila nas costas, eles sofreram a primeira abordagem, embora não soubessem, nesse momento, que estavam prestes a sofrer um golpe.

Um dos integrantes do grupo chamou a atenção de João de que o seu casaco estava sujo de espuma. Ele mesmo olhou o casaco, mas não deu muita importância, já que era um problema pequeno e o mais importante era comprar logo os tickets do metrô para o aeroporto.

Maria perguntou do que se tratava, mas João disse que não era nada e, assim, eles continuaram.

[Disclamer 2: Nesse momento, João percebeu que o rapaz que tentou “ajudá-lo” apontando a sujeira no seu casaco falava o tempo todo ao celular, mas em um idioma que ele não conseguia identificar. Certamente, não era nenhum idioma anglosaxão ou latino].

Em seguida, outro rapaz fez o mesmo com Maria, mostrando para ela que o seu casaco também estava sujo de um tipo de espuma. Maria, no entanto, também continuou a andar, mas teve que parar porque a insistência era muito grande.

João, que ia na frente, voltou para ver o que estava acontecendo: Maria estava embaixo de andaimes de um prédio que estava sendo reformado e dois homens tentando “ajudá-la” com o seu casaco.

Nesse momento, quando João chegou perto de Maria um dos rapazes lhe ofereceu um guardanapo para que ele pudesse limpar o casaco de sua esposa – uma “boa ação” que João recusou.

Mas o rapaz insistiu tanto que João, sem saber que acabara de cair em um golpe, pegou o guardanapo.

Assim que ele tirou as mãos da mala e pegou o guardanapo, viu uma movimentação estranha dos rapazes que tentavam “ajudá-lo”. Em frações de segundo, quando tentou tatear novamente a sua mala, ela já tinha sumido dali.

João saiu desesperado em busca dos rapazes do grupo, mas não havia nem sinal da mala nem dos rapazes.

Pois bem.

Desde o começo, o objetivo do grupo era criar uma distração em João e Maria para, no primeiro vacilo, furtarem as suas bagagens.

Isso aconteceu em 2017, mas vocês poderão ler posts de outros blogs que também informam que essa área está ficando mais perigosa para turistas desavisados.

De fato, depois que eu soube deste fato comecei a observar a quantidade de pessoas que ficam por longos períodos do lado de fora da entrada principal da Gare du Nord apenas observando quem entra e quem sai, como se fossem “olheiros”.

Da última vez que o blog esteve em Paris (jul/2019), pude ver policiais abordando algumas dessas pessoas.

Bom, o aviso está dado. Espero que esse conteúdo sirva para vocês.

*O blog esteve em Paris em jul/2016 e jul/2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: