Praia do Jacaré: Pôr do sol + Bolero de Ravel em João Pessoa

Olá, Viajante! Aqui é o Ronaldo e neste post quero lhe apresentar um evento impressionante, que combina natureza com cultura. Eu estou falando de assistir o pôr do sol escutando a execução de um bolero de Ravel, que é tocado em um sax em um barquinho no meio do rio Paraíba.

Isso acontece na Praia do Jacaré, em Cabedelo, pertinho de João Pessoa.

E você pode assistir essa lindeza da beira do rio ou combinar com um passeio de barco.

Eu aposto que esse pôr do sol é uma das coisas mais legais que você vai ver na sua vida.

Não sei se você sabe, mas a Paraíba é onde o sol nasce primeiro no Brasil.

COMO CHEGAR?

É possível chegar de várias formas à Praia do Jacaré. Normalmente, os turistas ficam em João Pessoa, na praia de Tambaú e arredores e conseguem chegar nesta praia em 20min de carro.

Você pode ir de Uber ou alugar um carro mesmo.

O evento é bastante tradicional e atrai muitos turistas.

O QUE FAZER POR LÁ?

Desde que começou ele fez tanto sucesso que, aos poucos, surgiram na orla várias lojinhas de artesanato e um pequeno “centro” de compras, onde você pode levar aquela lembrancinha do nordeste.

Tem uns bares e pequenos restaurantes de comida local bem legais, com música ao vivo e tudo.

Sugiro que você chegue de umas 15h e fique zanzando por aqui enquanto espera o pôr do sol, que você pode assistir da orla.

PARA VER MAIS DE PERTO

Mas se você preferir algo mais intenso, indico fazer um passeio de Catamarã, onde é possível ver o espetáculo ainda mais de perto.

Se você escolher ver o espetáculo de barco, em geral eles saem todos os dias às 16:00h e fazem um tour pelo Rio Paraíba. 

Durante o percurso um guia fornece informações históricas e geográficas da região e do evento.

O valor é R$ 50,00 (março/2020) e é aconselhável chegar ao local cedo, já que as agências costumam fazer a reserva para grandes grupos.

A duração total do passeio é de aproximadamente 90 min.

Jurandy executa o bolero com um sax ziguezagueando pelas águas do rio Paraíba.

O Jurandy sobe para tocar por 10 min em cada um dos barcos, mas não exatamente no pôr do sol, às vezes antes e às vezes depois.

Os barcos vendem bebidas e também incluem um momento de forró. Se o Jurandy vem ao barco antes do Bolero, o forró acontece depois; se Jurandy só sobe depois do pôr do sol, o forró é antes.

Da última vez que eu fui (março/2019), Jurandy já tinha executado o bolero de Ravel mais de 7.000 vezes.

É isso. Espero que vocês tenham gostado desta dica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s